Lente Escleral: Para que serve e como usar

As lentes esclerais são lentes de contato rígidas gás permeáveis, porém com um diâmetro maior que as lentes de contato rígidas tradicionais. O seu diâmetro se inicia a partir de 16 milímetros e o seu apoio não ocorre na córnea, mas sim na esclera (parte branca do olho, em volta da parte colorida).

Partindo-se do princípio de que quanto maior a lente, maior é o seu conforto, a lente escleral por ter um diâmetro maior do que qualquer outro tipo de lente, é extremamente confortável. Pelo fato de se apoiar na esclera (parte branca do olho), a lente escleral isola a córnea e para quem está a usando a impressão é de que não há nada no olho.

Essa lente especial é ideal para casos de ceratocone mais avançados, onde as outras lentes não foram eficazes (inclusive para casos em que há alguns anos acabavam já sendo indicados para transplante de córnea).

Outra indicação no ceratocone pode ser por dificuldade na adaptação à outros tipos de lentes, por desconforto ou intolerância.

É importante frisar que as lentes esclerais estão indicadas também para outras situações que não o ceratocone, tais como:

– Outras ectasias corneanas (degeneração marginal pelúcida, ceratoglobo ou ectasia pós cirurgia refrativa)

– Para portadores de olho seco (Síndrome de Sjögren, doença enxerto-versus-hospedeiro)

– Pós trauma corneano, pós trasplante de córnea, degeneração de Salzmann e ou outros tipos de irregularidades corneanas.

Além do cuidado básico de higienização da mão antes de manusear, limpeza com produtos específicos e armazenamento, a lente escleral deve ter polimento de 3 em 3 meses (ou de acordo com a recomendação do especialista).

Todo usuário de lente escleral deve obrigatoriamente acompanhar com um oftalmologista especializado.

As suas principais vantagens são:

– Enorme conforto;

– Propiciam uma melhora de visão incrível para casos antes fadados a cirurgia de transplante de córnea;

– São feitas de material gás permeável com altíssima permeabilidade ao oxigênio;

– Possuem desenho com múltiplas curvaturas que se adaptam a diferentes córneas irregulares;

– Menor sensação palpebral, praticamente não é sentida;

– Costumam possuir um alto índice de satisfação dos usuários.

A lente escleral já é utilizada há anos em pacientes portadores de ceratocone, com alta taxa de sucesso.

Além de ser muito confortável, proporciona uma melhora importante na visão dos pacientes portadores dessa condição.

A lente escleral pode ser usada ao longo do dia todo, desde manhã cedo até a noite antes de dormir.

Porém, sabemos que cada caso é um caso, e apenas o seu médico especialista poderá lhe orientar o tempo de uso diário que você poderá utilizá-la com segurança.

Como se coloca a lente escleral? (Vídeo)

https://www.youtube.com/watch?time_continue=422&v=wLmJlwfUN4Y –  

Mediphacos ensina como colocar e retirar lente de contato Escleral dos olhos

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *