Posts

VisuMax Femtosecond Laser

FDA aprova VisuMax Femtosecond Laser para tratar cirurgicamente a miopia

FDA aprova VisuMax Femtosecond Laser para tratar cirurgicamente a miopia.

“A aprovação do SmILE pelo FDA, com base em um estudo rigoroso, consagra esta nova técnica que já foi realizada em mais de 500 mil pessoas em todo o mundo. o SmILE é realizado com o laser Visumax da ZEISS e é realizado no Brasil há mais de dois anos com excelentes resultados para tratamento de miopia e astigmatismo.”

Dr. Renato Ambrósio Jr.

Confira a matéria completa no site da FDA.

Fonte: FDA.gov

Novidades em correção refrativa a laser

Cirurgia Refrativa é a subespecialidade da Oftalmologia ue trata das alternativas cirúrgicas para correção do grau de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo). Destacam-se os procedimentos de correção visual a laser LASIK e PRK que estão, há mais de dez anos, entre as cirurgias eletivas mais realizadas no mundo. Nesta área, há um dinâmico e acelerado desenvolvimento, cujo objetivo é elevar os patamares de qualidade e segurança destes procedimentos. A nova técnica para correção de miopia e astigmatismo, ReLEx SMILE (traduzida do inglês como extração de lentí-cula por pequena incisão), foi de-senvolvida na Alemanha e já é amplamente difundida no mundo, com mais de 120 mil cirurgias realizadas com sucesso.

O SMILE chegou ao Brasil em 2014 e consiste na aplicação do laser de ferntossegundo VisuMax (ZEISS) para realizar uma lentícula na córnea que será removida por uma incisão menor que 3 milímetros. Com isso, a cirurgia é menos invasiva, comparando-se com o LASIK (figura 2), na qual um flap é confeccionado para aplicação do excimericiado da Pós Graduação em Oftalmolo-laser. Comparado ao PRK, ou ablação de gia de superficie avançada, o SMILE não requer a remoção do epitélio, o que possibilita a recuperação visual mais rápida e com menos desconforto.

Antes da cirurgia, cada paciente deve ser examinado por um médico oftalmologista. Além da avaliação geral da saúde ocular, com estudo do fundo de olho e da pressão ocular, devem ser realizados exames específicos para determinar viabilidade da cirurgia, bem como se escolher a melhor técnica e para se personalizar o plano de correção. Além disso, as cirurgias refrativas são procedimentos eletivos, ou seja, opcionais para o paciente. A decisão em operar deve ser consciente, com base em entendimento adequado dos riscos, benefícios e limitações.